Itens filtrados por data: março 2022

quinta-feira, 24 março 2022 16:23

.

quarta-feira, 23 março 2022 22:28

MiaCouto na BECRE

Mais uma atividade desenvolvida na BECRE contextualizada com Mia Couto e planificada no enquadramento do DAC Interculturalidade, através da qual a professora Judite Esteves abordou a obra “O Beijo da Palavrinha” conjuntamente com os alunos de 5.º ano, que por sua vez criaram acrósticos e ilustrações consonantes com o tema.
quarta-feira, 23 março 2022 21:25

Projeto Eco-Escolas (Água)

Quando chove é vulgar a água da chuva ser aproveitada pelas Assistentes Operacionais para ser utilizada para as atividades de limpeza dos edifícios escolares. Poupar é a palavra de ordem, particularmente no que diz respeito, particularmente, à água, uma vez que é um bem essencial escasso.
quarta-feira, 23 março 2022 21:11

Favas

Parece que este ano iremos comer favas antes de maio, as vagens já começaram a aparecer. Depois das leguminosas consumidas as plantas serão trituradas e misturadas no solo da horta, uma vez que são um dos melhores fertilizantes dada a quantidade de azoto que acumulam. Para além disso, “A fava é … rica em proteínas e fibras, com alguns hidratos de carbono (nomeadamente amido, que é uma fonte de energia) e com poucas gorduras. Tem betacaroteno, que o organismo converte em vitamina A e ainda vitaminas (B, C, E) e sais minerais (ferro quase tanto como na carne, magnésio, manganês, cálcio e potássio, etc). ​Apresenta propriedades anti-espasmódicas, digestivas, diuréticas, sedativas, nutritivas, antioxidantes, anti-inflamatórias e anti tumorais.​ Os seus principais benefícios são:​ estimulam e melhoram a digestão, melhoram o funcionamento do intestino (pelas fibras) e ajudam a controlar o peso secundariamente; reduzem o risco de problemas cardiovasculares e AVC’s, melhoram a frequência cardíaca, controlam a tensão arterial (pelos níveis de potássio)​ e reduzem os níveis de colesterol e triglicéridos; previne e controla a diabetes (regula os níveis de açúcar no sangue); previnem anemias (ferro) e defeitos congénitos nos bebés (alta concentração de ácido fólico – B9) e melhoram o funcionamento do sistema nervoso; reforçam o sistema imunitário, combatem doenças infeciosas e previnem o envelhecimento precoce (vitamina C), bem como o desenvolvimento de células cancerígenas; Ajudam a prevenir a osteoporose e aumentam a massa óssea (níveis de cálcio e manganês). Na medicina chinesa (MTC ), as favas têm uma natureza neutra e ume sabor doce atuam no Baço-pâncreas e Estômago. Úteis para baixar o colesterol, controlar as gorduras no organismo, regular o intestino e prevenir a obstipação, controlar a insulina e o açúcar no sangue. Na cozinha, as favas podem ser cozinhadas sem tirar a casca e consumidas quentes ou frias, inteiras ou sob a forma de puré (neste caso, convém retirar previamente a casca).​ Podem ainda ser consumidas numa sopa ou em guisados. Para minimizar a flatulência, devem ter uma cozedura prolongada e se forem secas, demolhadas em água durante 7 a 8 horas e muito bem escorridas antes de serem cozidas (cerca de 40 minutos). O ideal será retire-lhes a pele pois torna-as mais indigestas​. NOTA: Se quisermos absorver as suas vitaminas das favas, convém come-las frescas na estação uma vez que quando secas ou congeladas iram perder grande parte da sua riqueza vitamínica.” Disponível em, https://doutorachinesa.pt/favas-quais-os-seus-beneficios-para-a-saude-segundo-a-medicina-tradicional-chinesa/
quarta-feira, 23 março 2022 14:28

Morangos

Na entrada da Horta Biológica e integrados na parte jardinada do mesmo espaço, os morangueiros começam a “sorrir” através da floração que irá dar lugar aos pseudofrutos. Pois é, os morangos não são verdadeiros frutos!!! “O morangueiro é uma planta perene, rasteira, com caule que cresce paralelo ao chão e raízes aéreas. Suas folhas são trifoliadas, verde brilhante e dispostas em espiral para aproveitamento máximo da luz solar. Possui flores com 5 pétalas e brancas, com 20 a 30 estames e um número variado de pistilos (conjunto dos órgãos femininos das flores) que pode ir de 60 a 600, que irão dar a origem aos aquênios (frutos com semente única) que agrupados formarão o morango. Por isso é chamado de pseudofruto, pois é constituído de vários frutos.” Disponível em, https://www.infoescola.com/frutas/morango/ Os morangueiros são plantas originárias das zonas temperadas dos hemisférios Norte e Sul. O fruto, o morango, “é uma fruta muitíssimo apreciada, … são frutos ricos em antioxidantes, em vitaminas A, E, C, B5 e B6, cálcio, ferro e outros minerais, e pobres em calorias.” Disponível em https://revistajardins.pt/morango-historia-propriedades/
quarta-feira, 23 março 2022 14:05

Os Ecopontos e a Reciclagem

Foi proposto na disciplina de Físico-química um trabalho sobre os diferentes ecopontos que usamos no nosso quotidiano para a recolha seletiva de resíduos. Foram entregues pelos alunos do 7ºC e 7ºF textos, cartazes e maquetes alusivas a este tema. Este trabalho tinha como objetivo ajudar os alunos a desenvolver responsabilidade em questões ambientais, muito importantes hoje em dia.  
quarta-feira, 23 março 2022 13:47

Hortelã na Horta Biológica

O cantinho da hortelã, na Horta Biológica, é muito importante para repelir a borboleta branca da couve. Além disso, é uma das plantas condimentar e medicinal mais utilizadas pelo Mundo fora. “A hortelã é oriunda da região mediterrânea onde cresce espontaneamente e é também plantada, não só nessa região, mas um pouco por todo o Mundo. Muito utilizada em Marrocos, Turquia e Tunísia, mas também no Irão e Índia, entre outros. A hortelã era muito utilizada pelos Romanos em banhos e perfumes, provavelmente Mentha spicata. Acredita-se até que foram eles que introduziram a hortelã na Europa. Em termos e utilidade, A hortelã é um analgésico, anti-séptico e tranquilizante sobretudo a nível local e das mucosas do aparelho digestivo, inibe espasmos gastrointestinais e estimula a produção da bílis, relaxa os músculos do estômago facilitando a digestão, relaxa os músculos do esfíncter do esófago, ajudando a libertar refluxos digestivos o que pode também causar sensação de azia. A hortelã é, também, um conhecido vermífugo que se pode utilizar para desparasitar tanto pessoas como animais sobretudo se lhe juntarmos artemísia. É útil no combate a vários tipos de vírus e bactérias incluindo herpes. É ainda muito eficaz como descongestionante nasal e expetorante, em compressas ou quando friccionado alivia dores musculares e reumáticas. Combate ainda bronquite, náuseas, cólicas, diarreia e aftas. É também diurética, estimula a sudação, sendo útil para fazer baixar a febre, alivia picadas de insetos.” Disponível em, https://revistajardins.pt/o-mundo-das-mentas/
quarta-feira, 23 março 2022 09:24

Escrita Criativa (3ºA)

No âmbito do projeto "Viajar nas letras", dinamizado pela autarquia da Amadora, os alunos do 3º A regressaram à biblioteca escolar para participarem numa atividade dinamizada por Leonor Tenreiro. Acrósticos desenhados foi o mote para a criação de narrativas bem divertidas!
quarta-feira, 23 março 2022 09:20

Viajar nas letras (3ºD)

No âmbito do projeto "Viajar nas letras", dinamizado pela autarquia da Amadora, os alunos do 3º D regressaram à biblioteca escolar para participarem numa atividade dinamizada por Leonor Tenreiro. Acrósticos desenhados foi o mote para narrativas bem divertidas.
quarta-feira, 23 março 2022 08:59

"A grande fábrica das palavras" (3ºF)

No âmbito da semana da leitura os alunos da turma do 3º F (professora titular Joana Pinto) estiveram na biblioteca para um sessão a partir do conto "A grande fábrica das palavras" de Agnès De Lestrade e ilustração de Valeria Docampo (Paleta de Letras 2012). A importância das palavras foi o mote para uma tertúlia bem participativa, seguida de uma atividade de escrita criativa bem divertida.
Pág. 2 de 7