Quinta, 09 Mai 2019 19:55

O sabor que a água tem

Avalie este item
(2 votos)
A CASA DO TEATRO apresentou na XX Mostra de Teatro das Escolas, no Teatro Passagem de Nível, Alfornelos, no dia 7 de maio, às 15h, a peça "OSabor que a água tem".    Uma cientista louca, os seus ajudantes e convidados, incorreram num vórtice de aventuras, para sensibilizar os nossos jovens para a adoção das prementes mudanças nas nossas ações diárias, visando a sustentabilidade do nosso planeta! Não há Planeta B! Elenco por Ordem de entrada em cena  A cientista louca, Seculitas Deséltica – Pandora Cavaco  A Ajudante Securas – Inês Beirós O Ajudantinho Secante – Gonçalo Vicente O Espírito das Águas – Marina Costa  A dançarina Zita- Inara Machado A dançarina Tita - Vitória Bandeira A Água Doce – Sara Delgado A Água Salgada - Mafalda Baptista A Água Gelada – Rita Maia A Água d’Esgoto – Ariana Pereira A Água Poluída – Carolina Coelho O Anticiclone  e o O Furacão – Carlota Antunes A Chuvinha Ácida- Bruna Pazos A Chuvinha Ácida – Luísa Estevan A aluna Lia – Madalena Paiva A aluna Mia- Joana Carvalho.   Mais do que despertar possíveis talentos, estamos a tentar modelar futuros cidadãos, ativos, empenhados, criativos e conscientes...                                                    As Professoras Ermelinda e Filomena
Última modificação em Quinta, 09 Mai 2019 20:02

1 Comentário

  • Link do comentário Ana Martins Sexta, 10 Mai 2019 08:54 postado por Ana Martins

    Parabéns, mais uma vez!
    Às professoras e aos jovens pelo desempenho, pelo empenho, e pelo carinho que se nota que colocam no que fazem.
    Brilha a originalidade e a boa disposição, sempre acompanhadas pela preocupação com o ambiente.
    Infelizmente continuamos a apostar numa educação que valoriza as disciplinas básicas e ainda muito despreza as artes, como a de representar.
    Esquecem-se que o Teatro pode trazer muito a uma criança. A facilidade de estar e falar em público, a imaginação de criar uma personagem, a possibilidade de viver e mostrar uma cena do passado histórico…
    Podia até ser um bom aliado de disciplinas como o Português e a História, até de outras menos 'literárias', pois com criatividade tudo se consegue ;)
    Até o simples facto de poderem 'descomprimir' de todas as exigências diárias, é já por si uma terapia!
    Eu vejo o bem que faz à minha filha e aconselho todos os pais a deixarem os seus filhos viverem essa experiência.
    Beijinhos a todas e ao menino Gonçalo :)
    CONTINUEM!

    Relatar

Deixe um comentário

O seu comentário foi registado.
Após moderação o mesmo será publicado.
Obrigado!